quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Esquina de minha casa

A luz dos postes faz gravitar
Nuvens de besouros e mosquitos.
Abaixo sapos a engasgar
Com banquetes inauditos.

Ao longe um gato observa
Sagazmente a galhada.
A cena lembra-lhe um conserva
Há muito tempo fechada.

Que tem sabores e cores,
Que deixa água na boca
Que custa não sentir os odores.

O gato alavanca
Suas poderosas pernas.
Da árvore caem penas.


(Ewerton Gindri)

Nenhum comentário: