terça-feira, 9 de junho de 2009

Nos dois últimos encontros, o trabalho deu-se de maneira muito natural e frutífera. As cursistas trouxeram trabalhos realizados por seus alunos, em sala de aula, e mostraram-se entusiasmadas com o programa.
As discussões concernentes aos temas estudados, tipologia textual e leitura, revisitaram alguns posicionamentos teóricos, bem como sedimentaram novas referências no grupo.
O conceito de letramento, entendido como uma prática possível e encorajadora, maximizou possibilidades para melhorar o uso dos conhecimentos escolares, por parte dos alunos. Isso ficou evidenciado nas atividades trazidas pelas cursistas.
No momento reservado aos relatos, um deles foi especial. Determinada professora afirmou ter dado a melhor aula de sua carreira, utilizando a proposta do avançando na prática. Ela utilizou o avançando na prática do TP03, unidade 12, secção 03, que propõe a transposição de gêneros textuais (intertextualidade entre gêneros). Nessa tarefa os alunos tinham que produzir, ao final, um classificado, porém o que anunciavam não eram produtos. A professora levou à sala de aula diversos jornais, para que os jovens tivessem acesso e familiaridade com o gênero. Logo após trabalhou diversas mensagens motivacionais, do tipo sugerido no TP03, para na sequência produzir com a turma "classificados". A cursista afirmou ter conseguido o envolvimento de todos os alunos, que na opinião geral é coisa rara.
Nesse momento aproveitei para perguntar às demais se o programa estava ajundando efetivamente em suas aulas, e obtivemos a resposta esperada, um vibrante SIM. Todas concordaram que o Gestar II é uma ótima ferramente de formação continuada e contribui efetivamente para a melhoria da educação, especialmente da leitura de nossos alunos.

Professor Formador: Ewerton Rezer Gindri, Tangará da Serra, MT
(Turma Gestar II, Língua Portuguesa, de Nova Olímpia, MT)

Nenhum comentário: