terça-feira, 14 de julho de 2009

Férias?

Encerramos o primeiro semestre de atividades escolares com uma certeza, de que contribuímos com a qualidade do ensino público. O programa GESTAR II trouxe aos cursistas enorme satisfação, seja através das contribuições teóricas, seja pelas dicas metodológicas.
No último encontro recebemos relatórios e trabalhos de sala muito animadores. Alunos que apresentavam dificuldades começam, agora, a se interessarem pela leitura e produção textuais. As professoras que nos acompanham nessa luta, a do ensino público de qualidade, demonstraram mais uma vez a força e a coragem que devem sempre impulsionar o magistério, e reafirmaram sua disposição em desenvolverem seus projetos no próximo semestre.
Esses projetos deverão, antes de tudo, serem enriquecedores à sala de aula. O aluno deverá ser sempre e antes de tudo, o alvo dos projetos, para que de maneira substancial, modifiquemos para melhor a trajetória escolar de nossos educandos.
Para a organização do projeto, deverá ser observada a orientação do guia geral. O projeto será individual, já que é um dos critérios para a obtenção do certificado. Seus temas relacionar-se-ão com a língua portuguesa, podendo abranger qualquer uma das áreas contempladas pelo GESTAR II. Tendo em vista a complexidade da aprendizagem e as inegáveis descobertas científicas, da área da aprendizagem, que nos comprovam o inter-relacionamento dos saberes, os projetos serão, preferencialmente, interdisciplinares.
Nas escolas em que se trabalha a partir de Temas Geradores ou Complexos Temáticos, os cursistas deverão, sempre que possível, trabalhar em consonância com esses, não quebrando a coesão do Projeto Político Pedagógico da escola. Quanto a esta situação, daremos maiores esclarecimentos nos encontros destinados à orientação dos projetos.
Tendo em vista esses desafios, e os de planejamento e avaliação, é que fazemos a pergunta do título: férias?
Um abraço a todas. Até agosto.

Nenhum comentário: