segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Notícias


Semana passa estive em Cuiabá, em encontro com os demais formadores do Gestar II. Na ocasião confraternizamos com formadores de todo o estado de Mato Grosso e tivemos acesso a informações, através dos formadores da UNB, de como o Gestar está ocorrendo em outros estdos da Federação.
Alguns colegas formadores fizeram relatos muito animadores, de escolas que tiveram suas rotinas alteradas pelo programa. Outros, contando-nos suas dificuldades, principalmente as ligadas à logística, lembraram o quanto os professores de áreas isoladas valorizam o programa, pois raras são as vezes em que chega as suas cidades formação continuada. em outros casos descobrimos que a metodologia do Gestar II, e seus subsídios, tem ajudado muito os professores que não possuem formação na área em que atuam, especialmente os de português. Esses casos são mais comuns do que desejaríamos, chegando a ser maiora em algumas localidades.
Essas notícias me fizeram valorizar ainda mais nossa realidade, pois trabalhamos em um grupo no qual todos possuem formação em letras, a maioria é pós-graduado na área e o mais importante, é um grupo dedicado.
Estive pensando sobre o que faz um bom profissional e dentre tantos requisitos acredito que podemos salientar três, a saber: honestidade, profissionalismo e dedicação. Para minha satisfação trabalho com colegas que possuem todos esses atributos.
Um forte abraço a todas vocês.

2 comentários:

Neuzeli ! disse...

Olá professor tudo bem? Li o seu registro sobre o encontro do Gestar em Cuiabá ( São Vicente),gostei muito e concordo contigo, esses encontros nos fazem pensar e valorizar muitas coisas!
Um abraço!

Prof. Ewerton Rezer Gindri disse...

Que bom que você concorda colega.
Um abração pra você.